Se você faz muitas compras virtuais, ou mesmo se viaja muito e usa seu cartão de crédito em suas viagens, sabe como é chato ter uma surpresa todo final de mês, afinal de contas, os valores do cartão ficam oscilando dia após dia, deixando sempre aquele grande suspense – quanto vamos pagar quando a fatura fechar?

 

De acordo com a norma que foi publicada em 2019, e entra em vigor agora em 2020, qualquer compra feita em seu cartão de crédito no exterior, terá a taxa fixa e a cotação do dólar do dia da compra. Falamos dólar porque essa é a moeda usada para “qualquer compra internacional”, vez que é o valor dessa moeda que é usado para definir o valor de todas as outras no cartão de crédito.

 

Mas, como um todo, qualquer compra feita em moeda estrangeira com cartão de crédito, chegará na fatura obrigatoriamente, com o valor da cotação do dia em que as compras foram realizadas. Até o momento era bem diferente, já que como comentamos, os bancos podiam optar por cobrar o valor referente à data do fechamento da fatura (e a maioria dos bancos trabalhava assim).

 

Confira mais abaixo o artigo que preparamos para você e saiba em detalhe tudo sobre este tema.

 

AS NOVAS NORMAS TORNAM A ORGANIZAÇÃO FINANCEIRA SER MAIS FÁCIL

 

Mais uma vez, essa palavra aqui no blog – organização financeira. Afinal de contas, nada como saber exatamente o que você gastou no mesmo dia que efetuou a compra, não é mesmo? Assim, pode separar o dinheiro certo para o pagamento no final do mês e assim por diante. 

 

Cada banco costumava utilizar um cálculo próprio para converter as compras que eram feitas em moedas estrangeiras. Mas agora, caminhamos para uma maior padronização, onde utilizar-se-á, sempre, a taxa Ptax – que é do Banco Central, e faz referência à média de taxas praticadas pelas principais instituições de câmbio em todo o país.

 

Com essa taxa de referência, cada instituição tem o direito de adicionar um spread, isso seria uma taxa extra de cerca de 4% que permite que a agência bancária que emitiu seu cartão de crédito, tenha certo lucro acima de suas compras. Com essa cobrança, o valor cobrado fica bem similar ao do dólar turismo.

 

Portanto, sempre que fizer uma compra em dólar, ou qualquer outra moeda, pode tomar por referência o valor de turismo e conferir depois em sua conta, ou no aplicativo de seu banco.

 

ATENÇÃO, CAUTELA E CUIDADO NAS COMPRAS VIRTUAIS E INTERNACIONAIS

 

Agora existe uma desculpa a menos quando falamos sobre organização financeira. Até mesmo quando estamos diante de compras virtuais e internacionais, você tem total capacidade de saber quanto isso lhe custará, e pode investir alguns minutos na organização de suas contas, a fim de ter certeza que poderá pagar tudo no final do mês.

 

Lembre sempre – é muito mais fácil manter um nome limpo que limpar depois de ter ido ao Serasa ou ao SPC, ok? Conte sempre com as dicas que temos aqui em nosso blog para conseguir estar o mais educado possível com relação ao mundo do crédito.

 

Estamos sempre postando textos que falam sobre os melhores cartões de crédito do mercado, assim como, que lhe dão dicas sobre como melhor usar a sua funcionalidade de crédito.

 

Conte sempre com os nossos textos para te ajudar, ok? Esperamos a sua visita aqui em nosso blog logo logo, para mais textos como estes. No mais, um grandíssimo abraço e nos vemos em breve! Até mais ver! 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *